Browsing Category

Tô noiva, e agora?

O casamento luxuoso de Juliana e Naldo

Histórias reais ♥, Tô noiva, e agora?

Eu já contei um pouquinho sobre a história do relacionamento da Ju e do Naldo, e como isso resultou no pedido de casamento incrível que ele preparou, vocês lembram?
Para rever -> CLIQUE AQUI!

E depois de pouquíssimos meses, essa história linda ganhou mais um capítulo incrível! Um casamento luxuoso em São Paulo!

Daqueles casamentos em que a gente perde o fôlego de tanta emoção, de tanto sentimento. Daqueles que você sente a vibração da felicidade dos noivos e que cada detalhe tem muito significado!

O primeiro encontro, foi ha 4 anos em Udine, uma cidadezinha italiana, onde a Juliana estudava e onde o Naldo, jogador de futebol, tinha acabado de chegar vindo do Brasil. Eles estavam no mesmo bar e como ele ainda não havia aprendido o italiano, Juliana o ajudou a pedir uma bebida. E aí, tudo começou…trocaram telefone e desde então no se separaram mais.
História de amor que já rodou o mundo!
Juliana é considerada o talismã do Naldo em seus jogos de futebol pelos vários times que representou na Europa e agora na Rússia, rendendo assim, várias matérias sobre o amor deste casal. Se declararam apaixonados um pelo outro, e isso é nítido para quem convive, e essa é daquelas histórias de amor à primeira vista que a gente ama!

A Ju, logo que ficou noiva, comentou comigo e me pediu algumas indicações pois ela estaria da Europa organizando o casamento que aconteceria no Brasil. O Naldo e toda a sua família são de São Paulo, e por isso eles desejavam realizar o casamento na capital paulista. Foi aí que eu indiquei a cerimonialista mais incrível de São Paulo: a Caroline Steig. Ela realizou o casamento da minha irmã, que aconteceu em 2009 em Ilha Bela-SP, e foi quando eu conheci a Carol e me apaixonei pela pessoa e pelo trabalho dela! Indiquei, e a Ju nem pestanejou, amou, sentiu segurança e logo contratou!
OBS: depois quero contar pra vocês do casamento MARAVILHOSO e super original da minha irmã! Ele ficou bem famoso com fotos rodando vários blogs, Pinterest e outros! 🙂

E foi aí que toda a mágica aconteceu…em um intervalo de menos de um ano, com pouquíssimas visitas ao Brasil e muitas reuniões via Skype, a Carol foi acompanhando os noivos e resolvendo tudo por aqui para eles.
E o grande dia finalmente chegou, e foi quando o grande sonho se realizou:

Enquanto ela se arrumava com a mãe e as madrinhas…ele preparava uma surpresa:

E quem disse que ela também não surpreendeu?

E eles cuidaram de cada detalhe. As peças eram todas personalizadas, com muito requinte, para vestir de uma forma muito especial os protagonistas desse grande dia! Todos os detalhes marcavam essa união, observem as iniciais J&N bordadas e aplicadas em todas as peças:

A Ju já havia me falado: tem um detalhe no meu vestido que você vai amar e vai querer postar!
E quando eu vi eu pirei! Estava lindíssimo, e por mais visível que esteja na foto, pessoalmente era super discreto em meio ao restante do bordado do vestido!

E ai, depois das surpresas e das trocas de carinhos e presentes do casal, em meio a ansiedade e nervosismo do grande dia, chegou o grande momento!

A cerimônia aconteceu no último andar da Casa Petra, e a decoração foi produzida pela Titina Leão.

“Exploramos na cerimônia uma decoração elegante e glamourosa, com a montagem de uma cenografia clara e resplandescente. Com muito branco e muito brilho. Cristais, espelho, flores e folhagens compuseram o cenário da celebração do amor de Juliana e Naldo.”

E, aquele momento que todo mundo espera…a festa!

A decoração estava um escândalo! Daquelas que toda noiva clássica pira! Sem exageros, com muito bom gosto e elegância, a idéia era que a recepção remetesse a um castelo Europeu, com um cenário de sonho!
E as lembrancinhas foram aromatizador de ambientes e mini vodka, para remeter à Russia, onde atualmente o Naldo joga e o casal mora.

Os noivos quebraram protocolos, e fizeram toda a animação bem com a cara deles.
A valsa foi ao som de Jorge e Mateus, com direito a discurso emocionado do pai da noiva e um brinde em família!
Eles fizeram o que eu recomendo a todos os noivos: curtir com os convidados na pista de dança sem perder tempo passando de mesa em mesa.

E daí em diante foi só animação!
Do jeitinho que eles queriam, e bem a cara deles. Com direito a show da banda de pagode Pixote e a atração YeX Music.

E adivinha quem curtiu muito a felicidade da amiga? Euzinha aqui!!

Uma coisa que eu achei MUITO bacana, foi que no site dos noivos, a área da lista de presentes constava apenas a opção de comprar cestas básicas para doações.
O casal por já ter a casa completa, e morar em outro país, ficava inviável ganhar qualquer presente para levar. Com isso, a idéia de incentivar os convidados a doarem cestas básicas compradas direto no site do casal!

Todo amor do mundo para vocês, meus queridos! ♥

♥ – ♥ – ♥ – ♥

Ficha técnica:

  • Data: 26/05/2017
  • Horário: 20:30
  • Número de convidados: 250
  • Cerimonial: Caroline Steig

A minha escolha do Espaço do Casamento | BHZ

Nosso Casamento, Tô noiva, e agora?

Bom, pra ser bem franca, essa escolha aconteceu há muito tempo. Pra ser mais exata, cerca de um mês após eu ter ficado noiva.

Voltei de viagem e comecei a busca por tentar entender o que era “casar”. Eu não fazia a menor idéia. Acho que já comentei isso com vocês né? Inclusive, foi dessa falta de idéia e de rumo que nasceu o “Tô noiva, e agora?”.

E, uma das minhas primeiras pesquisas foi: lugares para casar em Belo Horizonte / salão de festa em BH / espaço para eventos, e todas as variáveis que o Google bem conhece. rsrs
E sempre tinha um que chamava mais a minha atenção. Que brilhava entre todos os outros que apareciam nos resultados de busca:

Eu sempre tive algumas exigências em relação ao espaço. E isso foi um grande dificultador no processo de busca e definição do espaço. Contei pra vocês sobre o meu dilema, lembram?
Eu sou Designer de Interiores por formação, e a estrutura e estética, mesmo do espaço cru, tem muita importância pra mim. Por isso, eu buscava por um espaço que fosse bonito mesmo sem ter nada! Além disso, eu queria um espaço amplo e sem divisão de ambientes. Queria também que a cerimônia e a festa “coubessem” no mesmo espaço, mas em ambientes separados. Com muitos convidados de fora de BH, isso seria um facilitador para a logística!
Além disso, eu me lembro quando minha irmã se casou, há uns 6 ou 7 anos, que uma das coisas que ela mais priorizava no espaço era o pé direito alto (pé direito é a distância entre o piso e o teto, a altura do ambiente). O marido dela, meu cunhado, é bem alto e ela queria que ele e os amigos que também são bem altos, pudessem pular à vontade na pista! E desde então eu passei a observar mais e achar mais bonito o ambiente com o pé direito alto. Mais confortável também. E essa era mais uma exigência minha: pé direito altíssimo. Para uma noiva clássica como eu, isso também ajuda muito com os lustres da decoração, que eu amo! ♥

Bom, e aí, depois que eu comecei a entender o que eu gostava e o que eu não gostava nos espaços, eu comecei a visitá-los. O primeiro que eu conheci foi o BHZ Espaço, em um evento para noivas, O ENTRE NOIVAS, a convite da Raquel, uma noiva do BHZ que hoje é uma grande amiga!

Josi, Iaia, Eu e a Nani

Iaia, Eu, Raquel e Nani

Essa foi a minha primeira foto com a equipe do BHZ. Eu me lembro que cheguei e me encantei com a imponência do espaço. Era tudo maravilhoso, mesmo vazio. O “cru” era lindo. Como eu sonhava! A Nani, gerente do espaço, me levou pra conhecer toda a estrutura: tinha o pé direito alto, era amplo, tinha a área para separar a cerimônia da festa…E aí eu me apaixonei com tudo de vez, mas especialmente com o mictório do banheiro masculino (kkkkkk). A Nani lembra disso até hoje. Eu amei tanto que fiz um vídeo e enviei pro noivo:

E, além de amar tudo, toda a estrutura, toda a beleza do espaço, eu me encantei também por aquelas lindas da foto ali de cima! Elas nem me conheciam, e me trataram com tanto carinho, que eu apaixonei mesmo!
Além de tudo, o nome do espaço fazia referência à cidade, o que eu achava super legal por conta de ter muitos convidados de fora de Minas Gerais!

Bom, voltei pra casa super empolgada. Mostrei as fotos, os vídeos, o site que eu já babava antes de ir visitar o espaço, para minha mãe e para o noivo. E aí resolvemos então pedir o primeiro orçamento de todo o casamento.
Não tínhamos a menor noção de NADA. Nem mesmo tínhamos um cerimonial que nos orientasse. E foi aí que entendemos o que era casar: algo que podia estar bem fora na nossa realidade. Era óbvio que eu entendia que o espaço, maravilhoso daquele jeito, totalmente planejado de forma funcional tanto para os noivos e convidados, quanto para a equipe de fornecedores que trabalha para que tudo aconteça, tinha um VALOR e não um preço. Mas ainda não sabíamos o que seria esse montante do casamento todo. Assustamos, confesso. Mas estávamos ainda iniciando tudo. Passou um tempo, e comecei a visitar outros espaços. Até mesmo pra entender o que era esse “mercado” do casamento. Ter alguma noção, enfim.
Mas não tinha jeito!
Eu sempre comparava: não é bonito igual o BHZ, não tem o pé direito do BHZ, não tem a fachada do BHZ, não tem o mictório do BHZ (kkkk). Nenhum era tão bom quanto o BHZ Espaço! E eu fui me frustrando, vendo tudo se distanciar do que eu sonhava. Me peguei cogitando abrir mão de várias coisas que eram super importantes nessa escolha, e ficando com o “espaço que desse”…

Foi quando meu anjinho surgiu: Aurora Nardi!
Logo ela, que eu conheci também em um evento que aconteceu no BHZ Espaço, o PARA SEMPRE NOIVAS, agora era minha cerimonialista e assessora do casamento. Contei pra vocês como foi a minha escolha, lembram?

Eu, Maraíse (Dois Cliques) e a Aurora – As organizadoras do evento.

Também foi a Raquel que me apresentou a Aurora. A mesma que me levou ao BHZ pela primeira vez.
Aurora foi assessora da Raquel, e viabilizou um sonho de princesa pra ela, que aconteceu no castelo dos sonhos: O BHZ! rsrs

Em meio às buscas pelos espaços que eu cogitava, um já havia fechado a minha data, o outro pisou na bola comigo, e eu chorei! E eu lembro perfeitamente da conversa da Aurora comigo, enquanto eu chorava:
A: Marina, qual é o seu sonho?
M: O BHZ Aurora, mas sei que está longe das minhas possibilidades.
A: É o seu sonho o BHZ?
M: É o meu sonho!
A: Mê dê até amanhã!

E eu dei. Eu já não tinha muita opção a não ser esperar. Esperei. Ansiosa. E tive a melhor prova de que “o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã“.
Aurora me ligou no dia seguinte, dizendo exatamente assim: – Aqui a gente trabalha realizando sonhos, meu amor!
Era isso! Ela estava viabilizando e realizando o meu sonho de casar naquele espaço que eu entrei pela primeira vez e senti que era. QUE É!

As mulheres responsáveis pelo meu sonho possível: Rozane (minha mãe), Aurora (minha fada madrinha), Iaia e Nani (as responsáveis pelo BHZ).

Foi então que marcamos uma visita para negociarmos e Deus abriu as portas, abriu o mar, saiu escancarando tudo e mostrando que o controle é todo dEle. Ele conhecia o meu sonho, antes mesmo de eu sonhar.
O BHZ cabia na minha realidade, eu só não sabia disso porque eu ainda não tinha a Aurora na minha vida! Ela negociou, ela sabia o que eu podia, e o que o BHZ também podia.
Lembro do Yuri – o noivo – me ligando com a voz meio engasgada e dizendo: – Você se lembra que era lá que você queria desde o início?
Só a gente sabia a luta que estava sendo a busca pelo espaço. A gente mal sabia que no final seria o primeiro de todos! O grande culpado por nenhum outro me encantar! rsrs
Eu achava que era balela quando me falavam que a gente sente. Mas só depois que a gente fecha é que a gente entende: A GENTE SENTE! ♥


E lá estávamos nós: assinando o contrato logo em um dia 23! Era um dia iluminado! Tão iluminado que a Nani nem conseguia abrir seus olhinhos azuis sob o sol lindo do dia 23/08/2017. Era aniversário de casamento da Iaia, dia de save the date e contagem regressiva pra gente…o 23 é tão especial, marca tanta coisa importante na nossa vida, que com o BHZ não tinha como ser outro dia! E foi sem querer, assim…coisa dos detalhes de Deus!
Por isso eu falo gente: contratar o cerimonial é ESSENCIAL pro seu casamento ser como você sonhou, independente do seu orçamento! É possível SIM! E cabe tantaaaaaa gratidão nessa foto aí de cima, que vocês nem imaginam!

E foi assim que, finalmente, escolhemos o nosso Espaço do Casamento! Ou melhor…o espaço dos nossos sonhos!
E esse foi só um dos sonhos realizados, dentro do nosso grande sonho: o casamento!

 

Veja mais fotos do espaço e dos eventos no BHZ no site: www.bhzespaco.com.br

 

♥ – ♥ – ♥ – ♥

OBS: Eu li e reli toda essa história chorando mais uma vez. Mas dessa vez, de felicidade! 🙂

O terno do noivo Beto – Caldeirão do Huck

Eventos, Histórias reais ♥, Tô noiva, e agora?

Quem aí acompanhou o quadro “Felizes para Sempre”, no sábado 16/09, contando a história da Wal e do Beto?
Pra quem perdeu, estou contando tudo aqui no blog, com um post super especial. É só clicar aqui pra conferir!

E teve algo muito especial, que merece nossa atenção: a escolha do terno do noivo!

A peça, da SR Estilo, foi escolhida por ninguém menos que Alexandre Pires! ♥
O ídolo da Wal, que ela imaginava que o locutor – e hoje marido – Beto se parecia, quando ainda só o conhecia pela voz, escolheu pessoalmente o traje do noivo, como se fosse para ele mesmo!
Conhecido por se vestir sempre muito bem, com ternos alinhados, e com a exigência de qualidade, o cantor aprovou os trajes da SR Estilo, e depois de um pouquinho de dúvida ele escolheu o terno, com as 3 peças: calça, colete e paletó, no tom Azul, que combinava perfeitamente com o horário do casamento do Beto.

E a Tatiana, da SR Estilo, contou pra gente como foi participar de forma tão especial nesse dia:

“Quando recebemos o convite do Opus Cerimonial para participarmos do Felizes para Sempre não hesitamos em aceitar. Depois de mais de trinta anos atuando no mercado de roupas para casamentos, já estamos acostumados a vestir as pessoas nos momentos mais importantes de suas vidas. Porém, dessa vez havia um grande diferencial: Um desafio! Participaríamos de uma linda história de amor que, entre milhares de relatos recebidos pelo Caldeirão do Huck, havia sido escolhida. Um sonho, que como num passe de mágica se tornaria realidade! Sabe aquela sensação de ser uma fada madrinha por um dia?!?! Foi isso que sentimos!

Logo que começaram os preparativos, recebemos o Beto em nossa loja e tínhamos uma missão: fazer com que ele acreditasse que estava escolhendo o terno que usaria no casamento, quando na realidade estávamos apenas tirando as medidas, já que a escolha seria feita pelo grande Ídolo da Wal, o cantor Alexandre Pires. Gente, vocês já imaginaram o que é isso? Enganar um noivo, deixar o moço pensando que está tudo ok e a roupa dele ser uma surpresa?!?! Deu até um frio na barriga… E se o Beto não gostar da roupa?!?! Mas quando a produção nos informou qual terno o Alexandre Pires havia escolhido, foi só alegria, tivemos a certeza que o Beto estaria lindo no seu Grande Dia. Não era para menos né?!? Acostumado a usar ternos lindos e alinhadíssimos o Alexandre Pires entende do assunto e soube escolher direitinho.”

Roupa do noivo escolhida, e missão cumprida. Certo? Não, errado! A SR Estilo era o fornecedor oficial de todas as roupas masculinas do evento e, por isso, precisavam pensar em todo o contexto do casamento. Qual terno os padrinhos usariam? E o tio da noiva, responsável por levá-la até o altar? Não bastava ser um terno bonito, o traje tinha que passar pelo crivo da Constance Zahn e do Roberto Cohen, dois dos maiores formadores de opinião do mercado brasileiro de casamentos. Entenderam o peso da responsabilidade da Tati e de sua equipe?
Foi aí que a SR Estilo sugeriu que o tio usasse um terno, com as 3 peças (calça, colete e paletó) no tom de cinza grafite, e a gravata na cor cinza chumbo. Além disso, indicaram que os 8 padrinhos estivessem padronizados, usando terno, com a calça e o paletó no tom grafite, o colete cinza médio (um tom abaixo do colete do tio) e a gravata prata. Assim todos estariam em harmonia com todo o contexto do casamento.

Tio da noiva

 


Além dos ternos, todas as gravatas foram personalizadas com o nome de cada um dos padrinhos. Um mimo, para que eles tivessem a certeza do quanto eram importantes para os noivos.
E de acordo com a Tati, os padrinhos realmente mereciam a retribuição de carinho:

“Muito gostoso escutar tantas histórias bacanas! Todos falavam dos noivos e da Julia (filha deles) com muito carinho e estavam orgulhosos por terem sido escolhidos para participarem dessa união de uma forma tão especial.”

E depois de poucos dias, o grande dia chegou!
Beto teve então, a grata surpresa de receber o terno escolhido por Alexandre Pires, e ainda teve a surpresa de uma mensagem super carinhosa!

E o traje do noivo ainda recebeu a aprovação e o elogio do apresentador do programa. Luciano Huck também mandou um recado especial aos noivos, no meio da festa, e não deixou de perceber como Beto estava bem vestido, graças à qualidade da SR Estilo!

Além de todo esse trabalho, que merecidamente foi reconhecido, Tatiana participou ativamente e pessoalmente de boa parte da organização, dando muito suporte tanto à produção do programa, quanto à equipe do Opus Cerimonial.
Foi ela, inclusive, que nos mexeu os pauzinhos para que pudéssemos estar presentes no dia, acompanhando toda a montagem e os preparativos. Fomos convidadas pela produção para participarmos de tudo, graças a Tati! ♥
E teve algo que ela disse, que eu preciso assinar embaixo:

“Tão gostoso ver o nosso trabalho ganhando vida! Ainda bem que está tudo filmado e documentado pela TV Globo para que de vez em quando a gente possa assistir e reviver as emoções desse Felizes para Sempre! Que venham os próximos!”

Tati, com os noivos Wal e Beto. Beto veste: SR Estilo

Beto veste: SR Estilo

Karina (Casamento sem Igual), Tatiana Lessa (SR Estilo), Marina (Tô noiva, e agora?)

Nós três com o Léo, querido responsável pela produção do quadro “Felizes Para Sempre”.

Além de ternos, a SR Estilo trabalha também com o aluguel de vestidos para madrinhas, mãe do noivo, mãe da noiva e convidadas. Eu sempre alugo e uso as peças da loja, e amo tudo, desde o atendimento até a variedade de modelos.
Para conhecer mais:

Tatiana Lessa Lisboa
SR Estilo by Só a Rigor
www.srestilo.com.br

Facebook: /srestilobh
Instagram: @srestilobh

 

Assista todos os preparativos do Casamento Wal e Beto em nosso canal do Youtube: CLIQUE AQUI!

O “felizes para sempre” de Wal e Beto – Caldeirão do Huck

Eventos, Histórias reais ♥, Tô noiva, e agora?

Tudo aconteceu no dia 17/08/2017.
Bom, nesse caso estou falando só do casamento. Porque a história de Wal e Beto começou há muito tempo…
Foram 17 anos de história e uma filha linda que resultaram nesse sonho realizado em tempo recorde pelo Caldeirão do Huck!

Beto é radialista e trabalhava em uma rádio de Belo Horizonte. Através da sua voz despertou o sonho da ouvinte Wal, que o imaginava parecido com o seu ídolo, Alexandre Pires.
Wal, por coincidência, também trabalhava em uma rádio, mas na cidade de Curvelo. Por obra do destino, Beto foi contratado pela mesma rádio que a Wal trabalhava, e ali finalmente começou a história de amor. ♥

Já se passaram 17 anos do início namoro, somados ao fruto do relacionamento: a Julia, uma filha linda de 13 anos.
Por todo esse tempo Wal e Beto nunca se casaram, nem sequer moraram juntos.
Mas em seu aniversário deste ano, Beto preparou a surpresa e pediu a mão da Wal, ainda namorada, em casamento. Ela, claro, aceitou. Mas ainda assim, o sonho do casamento parecia muito distante de se realizar.
Foi quando a filha Julia deu a idéia para a mãe escrever uma carta para o programa do Caldeirão do Huck, contando toda a história do casal. E entre milhares de inscritos ela foi a escolhida para ter o casamento dos sonhos, produzido pelo programa.

A Plano Geral, produção responsável pelo quadro “Felizes para sempre” do programa Caldeirão do Huck, contactou e convidou a Opus Cerimonial para realizar e organizar o tão sonhado casamento.
E foi aí que o desafio começou: 1 semana para preparar tudo!
No dia 10/08/2017 o Luciano Huck, junto com o Beto (noivo) e a produção do programa, preparou uma surpresa para a Wal na Praça principal da cidade de Curvelo, onde moram. Eles também contaram com a chefe do Beto e da Wal, como cúmplice de tudo!
Assista aqui a surpresa:

E, logo em seguida, o sonho do casal começou a ganhar forma! ♥

A Ana Paula, do Opus Cerimonial, teve cerca de 40 minutos de conversa com a família para entender a ideia e qual era o sonho da noiva e, assim, poder em tão pouco tempo realizá-lo. Para isso, Ana Paula selecionou a dedo e contou com um time de fornecedores fantásticos que, além da capacidade, qualidade, credibilidade, segurança e confiança, abraçaram o sonho do casal e se dispuseram a executar tudo de uma forma linda e super competente. Nada podia dar errado nessa semana! Para isso, todos contaram também com a super experiência do Cohen Cerimonial e da Constance Zahn.

O Opus Cerimonial optou por alguns pontos que otimizariam a organização, já que o tempo era curtíssimo, sem que perdesse a qualidade.

Ana Paula, responsável pelo Opus, selecionou outros 3 fornecedores que seriam fundamentais nesse andamento:

A SR Estilo, que com o serviço de locação de ternos e com a super estrutura de atendimento, vestiu o noivo e todos os padrinhos, abrangendo todas as numerações. Contou com uma ajudinha extra: quem escolheu o terno do noivo foi ninguém menos que Alexandre Pires! Isso mesmo, o ídolo do casal teve participação especialíssima na escolha!

O Ricardo Melo, que impecavelmente realizou o sonho da noiva com um “vestido surpresa” que ela amou. Ela fez todas as provas de olhos vendados, e só conheceu o seu vestido dos sonhos no grande dia. Ricardo conseguiu captar a essência e o sonho de Wal, para não deixar a desejar, e ainda surpreendeu! Vestiu também a filha Julia, que levou as alianças, e algumas madrinhas, que tinham a cor rosa como a escolhida para o dia.

O Alexandre Nascimento, que de forma eficiente encantou a todos com a decoração clássica em um ambiente de campo, como era o sonho da Wal. Escolheu primorosamente o mobiliário, as flores, o lustre, tudo como no sonho clássico de princesa da noiva. E além disso, ele também cuidou do Buffet do grande dia com todo o capricho!

O Grande Dia finalmente chegou! ♥
ASSISTA AQUI TODA A PREPARAÇÃO!

Fui convidada a acompanhar toda a montagem e preparação do casamento e observei algumas coisas muito bacanas para contar:

  • O casamento é REAL. Não é um programa de TV que passa um casamento. É um casamento que passa em um programa de TV. Entendem a diferença?
  • Não existe o “gravando” ou o “ação”.  Algo deu errado? A câmera não pegou a cena ou o ângulo? Nada de parar e voltar para fazer de novo. Tudo segue como todo e qualquer casamento fora da TV.
  • Toda a produção se dedica 100% para os NOIVOS. Eles estão ali realmente para realizar sonhos!
  • Muita gente imaginava que o Luciano Huck estaria lá no grande dia, mas ele não foi! E o motivo é lindo: é o dia do casal brilhar! Não há espaço pra mais ninguém ser a estrela.
  • Quem escolheu tudo foi a filha Julia junto com seu pai, o noivo Beto. A Wal não viu nem escolheu nada, tudo foi surpresa!
  • A produção preparou várias surpresas especiais para eles durante o casamento, como atrações especiais, o maquiador dos sonhos da noiva, um recado especial do ídolo Alexandre Pires que escolheu pessoalmente o terno do noivo com a SR Estilo (vou contar mais sobre isso no próximo post!), e muitas outras coisas!

E o sábado de 17/08 começou cedo! Todos trabalhando a todo vapor para que o sonho de Wal, Beto e da Julia, se realizasse:

E todo o trabalho, recompensado com o resultado de uma celebração impecável. Que energia! ♥


Wal era uma noiva super clássica, mas tinha o sonho do casamento ao ar livre. Por isso, o local escolhido foi o Recanto da Lagoa, em Contagem, com direito a cerimônia na natureza, sob o pôr do sol de um sábado muito feliz!
E foi assim que aconteceu o “Felizes Para Sempre” da Wal, do Beto e da Júlia!

E quem aí arrisca o que foi a lembrancinha do casamento dos radialistas? Um rádio!
Genial, não é? ♥
Eu amei a idéia e a criatividade. Tinha que ter a ver com a história da Wal e do Beto, e nada melhor do que um radinho de pilha!

Quer saber mais sobre esse casamento, e os detalhes dos fornecedores? Fique ligada nos próximos posts aqui do site! 🙂

Veja mais do conteúdo exclusivo do Casamento Wal e Beto no Blog Casamento sem igual

Leonardo Pedone Fotografia © 2017 http://www.leonardopedone.com/

Como escolhi minha Assessoria de Casamento

Nosso Casamento, Tô noiva, e agora?

Tudo aconteceu depois de mais de um ano que fiquei noiva.
A escolha, graças a Deus foi fácil e muito assertiva. Mas demorou um pouco, e vou contar pra vocês o porquê!

O pedido aconteceu no dia do meu aniversário, 23/02/2016. ♥
Desde então eu pensava: por onde eu começo?
Uma certeza eu tinha: eu não sabia nada sobre esse novo mundo, e não queria colocar o meu sonho em risco, com as minhas próprias mãos, baseando em pesquisas de internet. Eu precisava contratar um cerimonial!
Foi então que comecei a procurar. Enviei e-mail para algumas empresas pedindo orçamento e recebi dos mais diversos tipos de resposta. Fiquei mais perdida ainda!

Nasceu o “Tô noiva, e agora?” enquanto eu buscava rumo para organizar o casamento!

Foi aí que recebi a indicação de uma pessoa da família. Agendei uma visita. Gostei muito, e decidi que pela indicação, eu não olharia mais nenhum outro, ia fechar! Marquei reunião com minha mãe e meu noivo para conhecerem a assessora e o seu serviço, de forma que eles se familiarizassem com o assunto “casamento” junto comigo. Foi uma reunião um pouco cansativa, de muita conversa, e no final o choque: tivemos a noção do que se trata “bancar um casamento dos sonhos”. Era uma fortuna!
E aí comecei a escutar o que eu não queria: – Corta a lista! – Corta isso! – Corta aquilo! E veio a preocupação!

Fomos pra casa, e já sabíamos que fecharíamos aquele contrato. Mas não fechamos.
Passou mais de um ano sem o serviço de cerimonial, e o pensamento “Será que vai dar pra fazer a festa?” rodeava meus pensamentos. Pensei em cancelar algumas vezes, mas faltava coragem!
Tirei algumas dúvidas com aquela assessora que eu havia reunido, de forma que eu tivesse um pouco mais de luz sobre possibilidades e valores. Nada andava…

Foi quando, entre junho e julho de 2017, uma cerimonialista muito querida, que eu havia conhecido em um evento para noivas em maio/2016, me procurou. Ela já havia feito o casamento de uma amiga, e era ela quem estava realizando aquele evento onde eu a conheci.

Eu, com a Maraíse (Dois Cliques) e a Aurora (Aurora Nardi Cerimonial) – Evento Pra Falar de Casamento – Quando conheci a Aurora

E o que ela me disse, quando me procurou 1 ano depois, me encantou: quero fazer o seu casamento! Mas não tinha aquele teor “comercial” que muitos fornecedores tem ao abordar noivas. Tinha um carinho especial ali.

Eu já estava há menos de um ano do meu casamento e entendi que era hora de bater o martelo neste serviço. Agendei a reunião com ela para conhecer a proposta, e pronto! Apaixonamos. Eu e o Yuri, meu noivo, finalmente entendemos o que era a segurança que um cerimonial dava! Cancelamos com a outra empresa que já havíamos conversado, e então finalmente contratamos o nosso cerimonial.

Mas Marina, você contou isso tudo e não contou como escolheu!
Bom, como eu disse, demorou. Mas valeu muito à pena.

Aurora em ação!

A conversa com a Aurora Nardi foi incrível! Ela nos passou muita segurança e demonstrou muita experiência em relação ao trabalho dela. Além disso, em momento nenhum ela podou algo que sonhávamos. Foi uma reunião em que ela mais nos escutou do que falou. Contamos sobre nossa história, sobre o nosso pedido de casamento, sobre o nosso sonho de casamento. E o que ela falou foi “aqui a gente realiza sonhos!”. Eu já sabia disso, pela amiga que casou com ela. E ali, eu acreditei! Fechamos!
Escolhemos o serviço de Assessoria Completa.

O que eu levei em conta?
– Indicação – pra mim, a assessoria é fundamental. Mas há muita gente aproveitadora no mercado. A indicação, por isso, tem um peso enorme!
– Experiência – a segurança que ela nos passou demonstrava o quanto ela dominava o que fazia!
– Reputação – antes de ir à reunião com ela, fiz uma pesquisa e descobri que muitos fornecedores de casamento haviam casado com ela. Pra mim isso fez muita diferença! Profissionais que conhecem todo o mercado escolherem ELA para executar o grande dia tinha um peso enorme. Eu estava no caminho certo.
– Identificação – a assessora é uma pessoa que vai te acompanhar por meses! É imprescindível que haja uma identificação para que a convivência seja uma ótima experiência. Na reunião parecia que nos conhecíamos ha anos!
– Sinceridade – ela foi muito sincera em relação a pontos importantes, a dificuldades que encontraríamos, e isso contou pra gente sentir que ela colocaria nossos pés no chão.
– Carinho – eu senti que ela tratou nosso sonho com carinho. Ela queria realizar e faria o possível pra isso!
– Preços e condições – por último levamos em conta o valor e as condições. Entendemos, o valor agregado ao serviço dela, antes de qualquer coisa.

Eu, Aurora (minha fada madrinha), Rozane (minha mãe), Iaia e Nani (BHZ)

Em menos de uma semana, as coisas começaram a andar. Ela já havia ligado para os lugares que eu cogitava e descobriu que eles não tinham mais minha data. Foi aí que voltamos ao meu dilema com o espaço.
Ela não perdeu tempo, não me deixou desanimar. Driblou alguns contratempos, mexeu os pauzinhos e…2 meses depois de assinarmos o contrato com ela, assinamos o contrato com o nosso espaço! E não foi só isso. Era o espaço dos nossos sonhos! O que pra gente parecia muito distante, ela fez acontecer!
Foi aí que eu tive certeza que, quando ela disse que “aqui a gente realiza sonhos!” ela não estava brincando!

E agora sigo, me sentindo cada dia mais perto de realizar cada detalhe sonhado, nas mãos da minha fada madrinha: Aurora Nardi!

O nosso pedido de casamento – Marina e Yuri

Nosso Casamento, Tô noiva, e agora?

Já tínhamos 4 anos e 8 meses de namoro, quando no Natal de 2015 o Yuri me presenteou com uma viagem para a semana do meu aniversário, que estava ha exatos 2 meses dali.
Era uma viagem surpresa: eu não sabia o destino. A única dica era “praia”, pra eu poder arrumar a minha mala.

Quando postei nas minhas redes sociais o presente de Natal, várias amigas começaram suas apostas no pedido de casamento. Mas eu tinha certeza que não. A gente ainda planejava isso pra mais de um ano pra frente e, vindo do Yuri, essas surpresas românticas faziam parte! Não era a primeira viagem surpresa que ele me dava e, se nas outras não teve pedido, nessa também não teria. Eu estava tranquila.

Fevereiro chegou, e estávamos empolgados pela viagem. Eu estava curiosa pra descobrir o destino!
Eu tinha algumas pistas, e alguns palpites:
– meu passaporte estava seguro na minha casa, e ele não havia me pedido. Era no Brasil.
– ele já havia me dito que era praia e, dessa vez, diferente das outras viagens que sempre fazíamos de carro, estávamos indo de avião. Chutei o nordeste, que era muito longe pra ir de carro. Além disso eu odeio água fria, e chutei que ele tinha pensado nisso pra me levar pro mar quentinho do nordeste no meu aniversário! (kkkkk)
– saímos um dia com uns amigos do Guarujá-SP, cidade onde o Yuri nasceu e mora, e um deles comentou que em fevereiro ia viajar para Maragogi e Porto de Galinhas. Passou um tempo, e o Yuri estava num cantinho conversando escondido com ele. Desconfiei. rs
– Meus palpites eram: Porto de Galinhas, Fernando de Noronha e Ilhéus. Estava quente!

Foi no aeroporto que eu descobri que estávamos indo pra Recife. Batata, era Porto de Galinhas!
Amei descobrir, mas daí eu lembrei que as piscinas naturais eram recheadas de peixinhos. Eu morro de medo de peixe! kkkkkk
As amigas continuavam apostando no pedido. Eu comecei a pensar: “Será? Não, elas estão viajando!”.

Meu aniversário chegou, e lá estávamos: aproveitando 24h por dia as maravilhas daquele lugar, bronzeados, felizes, e com o amigo que contou no nosso encontro que iria para Maragogi com a namorada!
Visitamos uma das praias mais bonitas nesse dia: Praia de Carneiros. Lá tem uma igrejinha linda que não visitamos. Foi quando eu tive certeza que não tinha nada de pedido e desencanei mais ainda! Se tivesse algo, ele teria aproveitado a igreja…Almoçamos em um lugar delicioso, com pé na areia, com direito a brinde e parabéns!

Quando voltamos pro hotel, Yuri mandou eu me arrumar. Eu fiz ele me prometer que não me faria passar vergonha. Estava morrendo de medo daqueles “parabéns” em público, com pessoas desconhecidas cantando e olhando pra mim. Eu não gosto de fazer aniversário! Ele mandou eu confiar nele, e confiei.

Fomos para a praia de acesso do hotel, com direito a um por do sol lindo.
Ele estava meio tenso e eu comecei a dar risada! Ele me disse palavras lindas, e no final, ajoelhou e tcharãaaa!
Escutei um “quer casar comigo” e nem acreditava! Foi lindo, romântico, descontraído, e bem a nossa cara.
É claro que eu disse sim. E foi ali que começou a nossa caminhada até o altar! ♥

O noivado de Juliana e Naldo

Histórias reais ♥, Tô noiva, e agora?

Eu amo contar as histórias de amor das minhas amigas. ♥
Recentemente contei sobre o casamento hindu da Layla e do Hércules, um casal de amigos. Hoje, quero contar sobre o romance de novela e noivado de cinema da Juliana e do Naldo.

Juliana é uma amiga de infância. Estudamos na mesma escola desde muito novinhas e, de repente, a Ju chega com a notícia: – Vou me mudar para a Itália!
Não me lembro ao certo quanto tempo levou até ela ir, mas na minha memória foi tudo bem rápido. A Ju foi, com toda a família, para outro país. A turma ficou incompleta, e com a tecnologia escassa daquela época, o contato diminuiu.

Passaram-se muitos anos, 15 anos, pra ser mais exata. Há cerca de 3 anos nós nos reencontramos, graças ao Facebook.
Pouco tempo depois, a Ju veio ao Brasil, nós nos encontramos, e pouco tempo depois de retornar à Itália, ela estava namorando. Era o Naldo.

“Eu e o Naldo nos conhecemos há 4 anos, na Itália. E…digamos que o destino conspirou a nosso favor (risos). Nós nos encontramos pela primeira vez em Udine, onde eu estudava e ele jogava bola. O Naldo tinha acabado de chegar à Itália e, meio perdido, sem conseguir se comunicar para pedir informações, eu passei por ele, vi que era brasileiro e ofereci ajuda. Depois disso nos perdemos de vista. Só depois de 1 ano nos encontramos novamente, por um acaso, em um restaurante. Nos perdemos de vista mais uma vez, e depois de mais 1 ano nos encontramos em Madrid. Foi aí que decidimos que talvez fosse hora de nos conhecermos melhor (risos).
A partir daí começamos a namorar. Com 6 meses já falávamos em casamento. Tínhamos a certeza de que havíamos encontrado um ao outro, para passarmos a vida inteira juntos”

Em pouco tempo eles estavam morando juntos. E, como vocês bem sabem, a rotina de jogador de futebol não tem nada de “rotina”…de Portugal para o Brasil, do Brasil para a Rússia. E no meio de toda essa mudança, aconteceu o pedido de casamento!

“Ele inventou que tinha uma entrevista no estádio e eu fui acompanhá-lo. Chegando lá, vi que tinha alguma coisa diferente acontecendo, masnão imaginei que tinha relação com a gente. Algumas câmeras, que faziam sentido para a entrevista, e uma estrutura no meio do campo, que era… a surpresa! 😍😍 Ele me pediu em casamento bem no meio do estádio. Foi lindoooo!!”

ASSISTA O VÍDEO:

Lindo demais, né?
O casamento deles já aconteceu, e eu vou contar e mostrar tudo no próximo post para vocês. Fiquem ligadas! ♥

Casamento Hindu – Layla Vallias e Pedro Hércules

Histórias reais ♥, Tô noiva, e agora?

Eu sou apaixonada por casamentos, principalmente quando eles tem a identidade dos noivos!
Layla e Hércules são meus amigos desde a adolescência, e foram meus primeiros amigos a casar. Aos 19 anos eles decidiram viver uma vida inteira juntos e, tão novos, tinham a certeza do amor eterno.
Só isso já bastava para ser um casamento recheado de emoções. Mas eles foram além: o pai da Layla foi o celebrante, e o casamento aconteceu na casa dela, com vista para a Lagoa da Pampulha e um pôr do sol invernal de tirar o fôlego!

A cerimônia foi Hindu, baseada na religião deles, com uma temática bem oriental.
E no mês passado, dia 17/07, Layla e Hércules comemoraram 7 anos de casamento. E, para celebrar essa sequência quase numeróloga do número 7, eu quis compartilhar com vocês esse dia tão lindo das nossas vidas: deles, e dos amigos! <3

“Nos casamos super jovens, os dois com apenas 19 anos. Susto, né? Todos da família também se sentiram assim, um mix de medo e desespero pelo futuro com muitas pitadas de felicidade. Pra gente, o grande objetivo do casamento era o depois, o dia a dia, a vida que construiríamos um ao lado do outro. E é por isso, que considero que os preparativos para o grande dia foram levados com bastante leveza e de uma forma até um pouco desencanada… Tudo foi organizado em apenas 6 meses!

O casamento foi numa tarde de julho em 2010, dia friozinho, mas nem tanto, com aquele sol perfeito para ficar ao ar livre. Parece que tudo conspirou para ser um dia perfeito, pelo menos foi assim que eu me senti. O céu amanheceu com o azul mais azul de todos, e o verde das plantas era o verde mais verde. Olhando para trás, só lembro das coisas boas. Por isso, se por um acaso aconteceu alguma coisa errada, um frizz no cabelo, batom no dente, um atraso, ou buquê que não chegou, não me lembro e não vi. E acho que é por isso que foi tão bom, de tão feliz que eu estava e com uma certeza tão grande do amor que escolhi viver.

Cresci numa família não tradicional e com uma filosofia de vida também não tradicional. E é claro, o casamento não dava pra ser tradicional. Não por modinha ou por querer fazer diferente, simplesmente porque não ia refletir o que eu sou e o que meu esposo é. Não ia ter nossa cara, sabe? E assim, escolhemos por fazer tudo que realmente tinha a nossa cara, muito diferente dos demais casamentos, mas que pra gente fez todo sentido”

A entrada do noivo com seus pais.

 

Detalhes do traje do noivo, à espera da noiva.

A dama entrou com incenso, purificando e abençoando a cerimônia.

A tão esperada entrada da noiva, com seus pais ao fundo.

O altar.

  • Local: casa dos pais da noiva, que fica na orla da Lagoa da Pampulha.
  • Buffet/bolo: Célia Souto Mayor com cardápio vegetariano.
  • Cerimônia: realizada pelo pai da noiva, com um ritual inspirado na religião Hindu.
  • Decoração: Wendel Medeiros  com peças encomendadas especialmente para o dia, incrementada com várias peças e móveis da própria casa.
  • Fotografia: Formigas Produtoras.
  • O Vestido: Acervo pessoal da mãe da noiva.
  • A Maquiagem: Bruno Cândido.
  • O BouquetVerde que te quero Verde
  • Os Convidados: como o casamento foi de dia, foi pedido aos convidados que fosem de roupas claras.

E no finalzinho do relato, a Layla escreveu: “PS: Não podia deixar de incluir a foto das amigas mais que queridas Marina e Thais <3 amo vocês!”

 

Nosso abraço, mais que especial! <3

Barcelona Bridal Fashion Week – por Atelier White Dress

Eventos, Tô noiva, e agora?

Nos dias 25 a 30 de abril aconteceu a Barcelona Bridal Fashion Week 2017 (BBFW), o maior evento de moda para casamento do mundo. A 27ª edição do evento foi realizada na Gran Via de Fira de Barcelona, e se dividiu entre a feira de negócios e os desfiles das principais grifes. Com mais de 300 marcas e 65 países representados, a BBFW 2017 deixou uma certeza: independente do estilo e do orçamento, toda noiva pode ficar deslumbrante para o dia do casamento.

O Atelier White Dress esteve presente no evento, e foi essa equipe – que tem como representante e expert em noivas a Paula Emanuelle, e como consultora comercial a Roberta Campos – que trouxe as novidades que nós adoramos acompanhar:

Uma feira de tendências e diversidade
Percebemos que esta feira de tendências apresentou um crescimento superior ao de todos os anos anteriores, com 78 novos estandes. Entre esses, destaque para a Allure Bridals e Madison James, grifes inglesas, que nós do Atelier White Dress representamos em Belo Horizonte (MG) e em Vitória (ES).

Além das famosas grifes, conhecemos estilistas recém-introduzidos no mundo da moda para casamento, marcando a diversidade da feira. “Era possível encontrar também trajes para noivos, sapatos e vestidos de festa. Havia vestidos de noiva de U$300 a U$6.000, ou seja, moda de bom gosto para todos os bolsos”.

Para as noivas, muito glamour, romantismo e sensualidade
Tules, rendas leves e originais, guipir, musselines, sedas e jacquard. Silhuetas sereias e princesas, e muitas saias fluidas, cheias de movimento. Bordados 3D. Decotes ousados nas costas, frontais e laterais. Fendas nas pernas e nos ombros. Corpetes bem marcados. Transparências. Tons de branco e marfim. Ombros a mostra e mangas de diversos formatos. Muitos brilhos em tecidos, bordados e aplicações, transformando os vestidos em verdadeiras joias.

Destaques nas passarelas
Para nós, a estilista que se destacou foi a israelense Galia Lahav, que trouxe modelos ousados e originais, com muitos brilhos, decotes e bordados altamente luxuosos, totalmente feitos a mão. A cor predominante no desfile da marca foi o marfim. Todos queriam ver o desfile da Galia, foi o mais disputado. A cada vestido que passava as pessoas batiam palmas e se emocionavam.

A Pronovias fez um verdadeiro evento de gala no Museu Nacional de Arte da Catalunha. “As entradas eram restritas a convidados, que eram os representantes da marca”, conta Roberta Campos, que esteve na plateia. Além do luxo do momento, a grife trouxe modelos deslumbrantes, com brilhos, franjas e decotes espetaculares.

Uma surpresa foi a italiana Demetrios, que trouxe modelos imponentes e luxuosos, a maioria em tons nude. As tradicionais San Patrick e a Morilee, representadas pelo Atelier em Belo Horizonte, também promoveram desfiles e trouxeram novas inspirações para as próximas coleções.

Resumo das Tendências

 

1.Vestidos-jóia

Vestidos com rendas sofisticadas, acabamentos impecáveis e muitas pedrarias definem estes vestidos elegantes.

Galia Lahav

2.Tecidos leves

Praticamente todos os estilistas apresentaram modelos com muita fluidez e movimento.

Rosa Clará

3.Minimalismo

Ganhando cada vez mais força, vestidos minimalistas, em tecidos nobres e desenhos mais simples.

Pronovias

4.Costas em Destaque

As costas ganham ainda mais destaque, aprofundando o decote e ganhando mais detalhes como pedrarias.

Rosa Clará

5.Rendas

As rendas nunca perdem seu espaço. Com modelos cobertos em sua totalidade, ou com aplicações. As aplicações em 3d aparecem como tendências, criando sensações visuais maravilhosas.

Galia Lahav

6.Boho Chic

Seguindo a tendência da leveza, os vestidos mais descontraídos, podendo ser mais minimalistas ou ricos em detalhes.

Yolancris

7.Modelos Justos e decotes profundos

São muitas as opções que ressaltam as curvas de quem busca uma silhueta mais sexy e moderna.

Pronovias

8.Princesas

As saias volumosas com toque romântico sempre ocupam grande parte das passarelas.

Galia Lahav

OBSERVAÇÃO: As imagens anexadas ilustram as tendências apresentadas durante o evento. Nem todas representam vestidos assinados por estilistas os quais o Atelier White Dress representa ou passará a representar.

O Atelier White Dress
Além de apresentar coleções de renomados estilistas internacionais para venda ou aluguel, o Atelier White Dress apresenta criações de vestidos exclusivos, feitos sob medida. Nossa qualificada equipe também oferece consultoria de imagem e acessórios que são verdadeiras joias.

Site: www.atelierwhitedress.com.br
Instagram: @ateleirwhitedress
Agendamento em BH: (31) 3494-9518

O grande dilema: a escolha do LOCAL

Dicas, Nosso Casamento, Tô noiva, e agora?


Você já sabe que, depois do cerimonial, a primeira coisa a definir na organização do casamento é o espaço? Só a partir desta escolha você conseguirá os demais orçamentos e contratações (buffet, decoração, músicos, etc).
Mas, e quando você não encontra nada que se encaixa no que você sempre sonhou e no que você pode pagar?
Este está sendo o meu grande dilema!
Já são 1 ano e 2 meses de busca pelo “espaço ideal” e, muitas vezes, já me vi pensando em abrir mão de algum detalhe que interfere na escolha, por não encontrar nada que comporte o meu sonho e caiba no meu bolso.


Mas…por quê?
O mercado está saturado de fornecedores para noivas. Cada dia um novo espaço, um novo nome, e os casamentos acontecendo sem parar. Não deveria ter opções para tudo e todos? Deveria. Mas parece que virou um mercado de alta lucratividade, e o foco parece ser outro!
Os espaço mais bonitos, com boa estrutura, são caros e muitas vezes não oferecem nada além do espaço: um galpão enorme e vazio que vale um carro.
Os que encontramos com preços mais acessíveis (veja bem, eu não disse barato; quando se trata de casamento, nada é barato, né?), ou que oferecem algo além do espaço, como estrutura de boate ou mobiliário, por exemplo, ou estão mal cuidados ou não possuem aqueles detalhes que a gente sonha, como um pé direito alto, uma área que permita a realização da cerimônia independente do espaço da festa, que tenha fácil acesso, versatilidade, possibilidade de estilos, entre outras coisas…

O meu recado hoje é para as minhas noivinhas que estão vivendo o mesmo dilema: não abram mão das suas exigências. Não só pelo que sonham no espaço, mas pelo que podem pagar também.
A nossa exigência é que dita o rumo do NOSSO mercado!
Exijam qualidade, bom atendimento, espaço bem cuidado e preço justo.
Afinal, estamos tratando de um sonho que foi sonhado por toda uma vida, por toda uma família, não é mesmo?
♥-♥-♥

Agora me contem: qual tem sido o dilema para a escolha do espaço de vocês?