Browsing Category

Histórias reais ♥

Pré wedding em pleno carnaval | Natália e Haendel

Histórias reais ♥, Tô noiva, e agora?
Uma história marcada pelo carnaval. Alguém se identifica?
Natália e Haendel escolheram o carnaval de Belo Horizonte para ser o cenário da sessão de fotos para o pré wedding. E o motivo e a história do relacionamento, é a própria noiva que conta!

Eu nasci em uma sexta feira de carnaval e o Haendel ha mais de 8 anos promove repúblicas em Pompeu e Abaeté. O feriado de carnaval sempre foi nossa melhor época do ano e não podia ficar de fora da nossa história.”
Em 2014 Natália e Haendel foram apresentados por uma amiga que viu neles muitas coisas em comum.
Mesmo com a amiga cupido, a história não foi pra frente. Natália contou que foi porque faltou maturidade dos dois na época. Já eu, acredito que é porque eles precisavam viver todas as histórias de carnaval para nos presentearem com esse ensaio lindo! 🙂
Eles se reencontraram uma semana antes do carnaval de 2015 e, após um convite – inesperado – de Haendel para Natália passar o sábado de folia na cidade de Pompéu, tudo começou.
Natália disse que na época quase desistiu de ir. Mas, o que era pra ser só um dia, se tornou o planejamento de uma vida inteira: ela não voltou no domingo. Ficou até a quarta feira de cinzas, e trouxe na mala muitas histórias pra contar, amizades verdadeiras e muita saudade do carnaval. Ah, e no coração o grande amor, é claro!
“Desde então, aprendi que para amar não precisa se anular, que alguém pode sim te aceitar com seu jeito palhaça, ansiosa, estabanada e nervosa. E que sim, você tem sua vida independente do relacionamento e que isso faz ele ser leve, gostoso e sincero. Que confiança é a base de tudo e que não tenho só um namorado ou noivo, tenho o melhor amigo que pude sonhar!
Afinal, se o amor é uma fantasia, vivemos em pleno carnaval”
“Nossas fotos foram tiradas pelo Gustavo Cardoso, do Foto Emotion. Ele é fantástico! Super animado e desde o inicio abraçou a nossa proposta.”
-♥-♥-♥-

Natália é uma seguidora do Instagram e, quando contei que estaria em Belo Horizonte no feriado e que queria encontrar com as seguidoras nos bloquinhos da cidade, ela me contou que faria o ensaio pré wedding durante o carnaval. Eu, claro, amei a idéia e logo pedi que ela me enviasse as fotos. E o resultado está aí.

Isso reforça o que sempre falo: que devemos sempre buscar o que tem relação com nossa história, nossa personalidade. Muito além de fazer bonito igual a alguém, procure fazer com significado! Fica ainda mais lindo e especial! ♥

O casamento de Marcela e Júnior | Blog Nasci Pra Casar

Histórias reais ♥, Tô noiva, e agora?

Marcela também é uma amante de casamentos, e é a idealizadora do Blog Nasci Pra Casar.
Recentemente ela celebrou 5 anos de casamento o Júnior e, para comemorar, ela contou a história linda de amor entre eles pra gente! ♥

“Que delícia! Muito tempo que não escrevia a nossa história. Já estamos juntos há quase 8 anos e é um prazer compartilhar com vocês.” Foi assim que ela começou! 🙂

“Tudo começou quando eu estava em uma fase da vida extremamente cansada de balada e. por isso, comecei a priorizar encontros mais tranquilos com amigos e família. E foi em uma pizzaria que conheci o Júnior, ele apareceu para encontrar com meus primos que eram amigos dele. Júnior havia recém terminado um namoro turbulento, e jamais imaginava que poderia se envolver tão rápido e de uma forma profunda com outra pessoa. Em um mês eu já tinha conhecido os amigos dele, sua família e ele a minha. Foi tudo muito rápidoUm ano de namoro e a gente decidiu se casar.Rolou uma pressãozinha da minha parte, mas que bom que funcionou. Hoje a gente ri disso, mas não recomendo a ninguém. Na época, eu disse ao Júnior que não queria noivar, porque já tinha sido noiva de outra pessoa e achei que seria desnecessário. Eu mal sabia que ele já havia planejado o pedido com anel e tudo na frente dos meus pais. E olha… foi lindo! Onze meses depois estávamos no altar!” – Marcela

“É uma delícia estar noiva! Assim que rolou o pedido oficial eu já comecei a sonhar com o nosso momento.” – Marcela

Marcela sempre trabalhou com eventos. Com isso, ela sentiu o peso e a responsabilidade de planejar tudo nos mínimos detalhes. E adivinhem como ela começou? Contratando o cerimonial! Eu já falei pra vocês sobre a importância de contratar o cerimonial, né? E vejam, mesmo com toda a experiência dela com eventos, ela contou com uma equipe profissional para executar tudo no grande dia! A contratação foi apenas para o dia, e olha só o que ela disse:

“Confesso que esse foi o meu maior e único erro. Esse é um dos fornecedores mais importantes e eu deveria ter tomado o cuidado de contratá-lo como meu braço direito.” – Marcela

Em contrapartida, pelo fato de já trabalhar com essa atividade, Marcela não encontrou dificuldades para escolher bons fornecedores para realizar o sonho. Desde o início ela já sabia quem iria estar ao lado do casal, executando tudo.

Quando Marcela e Junior noivaram o mercado de casamentos estava passando por um período de muitas novidades surgindo. E ela se lembra de na época ter o site da Bel Ornelas (Casando em BH) e o da Constance Zahn como grandes auxiliadores e fonte de inspirações. Inclusive pelo fato de que eles não se casaram na igreja.

Júnior é de família protestante e a Marcela de família extremamente católica.
Essa decisão foi um pouco complicada para eles. Marcela sempre teve o sonho de casar na igreja. E foi aí que ela entendeu o que seria a vida de casada. Precisou ceder.
Então, optaram por realizar a cerimônia e a festa no mesmo espaço de eventos, com as áreas separadas. Mas, com esse conflito religioso, quem faria o casamento? Foi aí que escolheram por uma pessoa superquerida, atuante na Igreja, que conhecia a história do casal desde o início e que saberia conduzir a cerimônia dentro dessa situação. Tudo certo né? #sóquenão. A Igreja não autorizou a celebração faltando apenas duas semanas para o casamento. Fue Fue Fue…

A mãe da noiva, um pouco desesperada com a situação, era ministra da palavra da igreja na época e recorreu ao padre o questionando se ela mesma poderia celebrar esse momento tão importante da vida da filha. O padre respondeu que enquanto ministra da palavra não, mas enquanto mãe, sim! Imaginem que emoção sua própria mãe celebrando o seu casamento? ♥

“Aí começou a corrida contra o tempo para minha mãe se preparar e essa foi uma das decisões mais incríveis do nosso casamento.” – Marcela

“No grande dia não sei o que seria de mim sem minha mãe e minhas amigas. Eu tinha picos de nervosismo e só queria chorar por medo de dar tudo errado. Nessa hora, minha mãe colocou o dedo na minha cara e me perguntou se eu não tinha . Engoli o choro, fui para o salão e relaxei totalmente ao lado das minhas amigas. Fizemos uma bagunça inesquecível!– Marcela

Depois do dia da noiva incrível ao lado das amigas e da mãe, já na porta do salão, com a cerimônia já iniciada, seu pai foi buscá-la para entrarem… Marcela quase morreu do coração. É o momento do “Tchanan!”. A ficha cai e a emoção vem à tona! Era hora de seguir em direção a nave e ver a cerimônia recheada de pessoas queridas. E lá no final, o Júnior, seu noivo, te esperando. ♥

“Consegui segurar o choro até chegar no altar, a partir dali… não teve mais jeito!”  – Marcela

O casamento aconteceu com efeito civil, tendo primeiro a celebração do Juiz de Paz, e em seguida foi a vez da mãe assumir o posto. Quando ela se posicionou no altar, ela ficou alguns segundos calada, travada. Essa hora os noivos escutavam um “ohhhh” de surpresa dos convidados. Ninguém sabia desse papel da mãe da noiva na cerimônia. E claro, tudo foi caminhando de forma perfeita.

E aí, hora de curtir a festa, relaxar as tensões e viver intensamente todas as emoções acumuladas!

“A nossa primeira dança foi um dos momentos mais mágicos! A animação dos convidados, a sintonia dos fornecedores…e no final, Júnior subiu ao palco e cantou a música linda da Maria Gadu, chamada Bela Flor.” – Marcela

E no fim da festa eram apenas Júnior e Marcela fechando o salão, gratos por tudo o que viveram naquele dia.

 

 

♥ – ♥ – ♥ – ♥

Ficha técnica:

  • Data: setembro/2012
  • Local da cerimônia e recepção: Ipatinga – MG
  • Vestido: Zezeh Alta Costura
  • Jóias: Giuliana Mazzucato – BH
  • Terno: Zak – BH
  • Banda, Som e Iluminação, Escola de Samba: Banda Auê
  • Fotografia e vídeo: Impacto produções
  • Buffet: Forno e Fogão
  • Bem Casados: Lúcia
  • Decoração: Apogeu
  • Beleza: Gil Minogue
  • Doces: Doce Mania
  • Bolo: Denise Valverde
  • Caricatura: André Fidusi
  • Recursos Audiovisuais: DGM Audiovisual
  • Convite: Gráfica Tavares
  • Cerimonial: Gatti

O casamento luxuoso de Juliana e Naldo

Histórias reais ♥, Tô noiva, e agora?

Eu já contei um pouquinho sobre a história do relacionamento da Ju e do Naldo, e como isso resultou no pedido de casamento incrível que ele preparou, vocês lembram?
Para rever -> CLIQUE AQUI!

E depois de pouquíssimos meses, essa história linda ganhou mais um capítulo incrível! Um casamento luxuoso em São Paulo!

Daqueles casamentos em que a gente perde o fôlego de tanta emoção, de tanto sentimento. Daqueles que você sente a vibração da felicidade dos noivos e que cada detalhe tem muito significado!

O primeiro encontro, foi ha 4 anos em Udine, uma cidadezinha italiana, onde a Juliana estudava e onde o Naldo, jogador de futebol, tinha acabado de chegar vindo do Brasil. Eles estavam no mesmo bar e como ele ainda não havia aprendido o italiano, Juliana o ajudou a pedir uma bebida. E aí, tudo começou…trocaram telefone e desde então no se separaram mais.
História de amor que já rodou o mundo!
Juliana é considerada o talismã do Naldo em seus jogos de futebol pelos vários times que representou na Europa e agora na Rússia, rendendo assim, várias matérias sobre o amor deste casal. Se declararam apaixonados um pelo outro, e isso é nítido para quem convive, e essa é daquelas histórias de amor à primeira vista que a gente ama!

A Ju, logo que ficou noiva, comentou comigo e me pediu algumas indicações pois ela estaria da Europa organizando o casamento que aconteceria no Brasil. O Naldo e toda a sua família são de São Paulo, e por isso eles desejavam realizar o casamento na capital paulista. Foi aí que eu indiquei a cerimonialista mais incrível de São Paulo: a Caroline Steig. Ela realizou o casamento da minha irmã, que aconteceu em 2009 em Ilha Bela-SP, e foi quando eu conheci a Carol e me apaixonei pela pessoa e pelo trabalho dela! Indiquei, e a Ju nem pestanejou, amou, sentiu segurança e logo contratou!
OBS: depois quero contar pra vocês do casamento MARAVILHOSO e super original da minha irmã! Ele ficou bem famoso com fotos rodando vários blogs, Pinterest e outros! 🙂

E foi aí que toda a mágica aconteceu…em um intervalo de menos de um ano, com pouquíssimas visitas ao Brasil e muitas reuniões via Skype, a Carol foi acompanhando os noivos e resolvendo tudo por aqui para eles.
E o grande dia finalmente chegou, e foi quando o grande sonho se realizou:

Enquanto ela se arrumava com a mãe e as madrinhas…ele preparava uma surpresa:

E quem disse que ela também não surpreendeu?

E eles cuidaram de cada detalhe. As peças eram todas personalizadas, com muito requinte, para vestir de uma forma muito especial os protagonistas desse grande dia! Todos os detalhes marcavam essa união, observem as iniciais J&N bordadas e aplicadas em todas as peças:

A Ju já havia me falado: tem um detalhe no meu vestido que você vai amar e vai querer postar!
E quando eu vi eu pirei! Estava lindíssimo, e por mais visível que esteja na foto, pessoalmente era super discreto em meio ao restante do bordado do vestido!

E ai, depois das surpresas e das trocas de carinhos e presentes do casal, em meio a ansiedade e nervosismo do grande dia, chegou o grande momento!

A cerimônia aconteceu no último andar da Casa Petra, e a decoração foi produzida pela Titina Leão.

“Exploramos na cerimônia uma decoração elegante e glamourosa, com a montagem de uma cenografia clara e resplandescente. Com muito branco e muito brilho. Cristais, espelho, flores e folhagens compuseram o cenário da celebração do amor de Juliana e Naldo.”

E, aquele momento que todo mundo espera…a festa!

A decoração estava um escândalo! Daquelas que toda noiva clássica pira! Sem exageros, com muito bom gosto e elegância, a idéia era que a recepção remetesse a um castelo Europeu, com um cenário de sonho!
E as lembrancinhas foram aromatizador de ambientes e mini vodka, para remeter à Russia, onde atualmente o Naldo joga e o casal mora.

Os noivos quebraram protocolos, e fizeram toda a animação bem com a cara deles.
A valsa foi ao som de Jorge e Mateus, com direito a discurso emocionado do pai da noiva e um brinde em família!
Eles fizeram o que eu recomendo a todos os noivos: curtir com os convidados na pista de dança sem perder tempo passando de mesa em mesa.

E daí em diante foi só animação!
Do jeitinho que eles queriam, e bem a cara deles. Com direito a show da banda de pagode Pixote e a atração YeX Music.

E adivinha quem curtiu muito a felicidade da amiga? Euzinha aqui!!

Uma coisa que eu achei MUITO bacana, foi que no site dos noivos, a área da lista de presentes constava apenas a opção de comprar cestas básicas para doações.
O casal por já ter a casa completa, e morar em outro país, ficava inviável ganhar qualquer presente para levar. Com isso, a idéia de incentivar os convidados a doarem cestas básicas compradas direto no site do casal!

Todo amor do mundo para vocês, meus queridos! ♥

♥ – ♥ – ♥ – ♥

Ficha técnica:

  • Data: 26/05/2017
  • Horário: 20:30
  • Número de convidados: 250
  • Cerimonial: Caroline Steig

O terno do noivo Beto – Caldeirão do Huck

Eventos, Histórias reais ♥, Tô noiva, e agora?

Quem aí acompanhou o quadro “Felizes para Sempre”, no sábado 16/09, contando a história da Wal e do Beto?
Pra quem perdeu, estou contando tudo aqui no blog, com um post super especial. É só clicar aqui pra conferir!

E teve algo muito especial, que merece nossa atenção: a escolha do terno do noivo!

A peça, da SR Estilo, foi escolhida por ninguém menos que Alexandre Pires! ♥
O ídolo da Wal, que ela imaginava que o locutor – e hoje marido – Beto se parecia, quando ainda só o conhecia pela voz, escolheu pessoalmente o traje do noivo, como se fosse para ele mesmo!
Conhecido por se vestir sempre muito bem, com ternos alinhados, e com a exigência de qualidade, o cantor aprovou os trajes da SR Estilo, e depois de um pouquinho de dúvida ele escolheu o terno, com as 3 peças: calça, colete e paletó, no tom Azul, que combinava perfeitamente com o horário do casamento do Beto.

E a Tatiana, da SR Estilo, contou pra gente como foi participar de forma tão especial nesse dia:

“Quando recebemos o convite do Opus Cerimonial para participarmos do Felizes para Sempre não hesitamos em aceitar. Depois de mais de trinta anos atuando no mercado de roupas para casamentos, já estamos acostumados a vestir as pessoas nos momentos mais importantes de suas vidas. Porém, dessa vez havia um grande diferencial: Um desafio! Participaríamos de uma linda história de amor que, entre milhares de relatos recebidos pelo Caldeirão do Huck, havia sido escolhida. Um sonho, que como num passe de mágica se tornaria realidade! Sabe aquela sensação de ser uma fada madrinha por um dia?!?! Foi isso que sentimos!

Logo que começaram os preparativos, recebemos o Beto em nossa loja e tínhamos uma missão: fazer com que ele acreditasse que estava escolhendo o terno que usaria no casamento, quando na realidade estávamos apenas tirando as medidas, já que a escolha seria feita pelo grande Ídolo da Wal, o cantor Alexandre Pires. Gente, vocês já imaginaram o que é isso? Enganar um noivo, deixar o moço pensando que está tudo ok e a roupa dele ser uma surpresa?!?! Deu até um frio na barriga… E se o Beto não gostar da roupa?!?! Mas quando a produção nos informou qual terno o Alexandre Pires havia escolhido, foi só alegria, tivemos a certeza que o Beto estaria lindo no seu Grande Dia. Não era para menos né?!? Acostumado a usar ternos lindos e alinhadíssimos o Alexandre Pires entende do assunto e soube escolher direitinho.”

Roupa do noivo escolhida, e missão cumprida. Certo? Não, errado! A SR Estilo era o fornecedor oficial de todas as roupas masculinas do evento e, por isso, precisavam pensar em todo o contexto do casamento. Qual terno os padrinhos usariam? E o tio da noiva, responsável por levá-la até o altar? Não bastava ser um terno bonito, o traje tinha que passar pelo crivo da Constance Zahn e do Roberto Cohen, dois dos maiores formadores de opinião do mercado brasileiro de casamentos. Entenderam o peso da responsabilidade da Tati e de sua equipe?
Foi aí que a SR Estilo sugeriu que o tio usasse um terno, com as 3 peças (calça, colete e paletó) no tom de cinza grafite, e a gravata na cor cinza chumbo. Além disso, indicaram que os 8 padrinhos estivessem padronizados, usando terno, com a calça e o paletó no tom grafite, o colete cinza médio (um tom abaixo do colete do tio) e a gravata prata. Assim todos estariam em harmonia com todo o contexto do casamento.

Tio da noiva

 


Além dos ternos, todas as gravatas foram personalizadas com o nome de cada um dos padrinhos. Um mimo, para que eles tivessem a certeza do quanto eram importantes para os noivos.
E de acordo com a Tati, os padrinhos realmente mereciam a retribuição de carinho:

“Muito gostoso escutar tantas histórias bacanas! Todos falavam dos noivos e da Julia (filha deles) com muito carinho e estavam orgulhosos por terem sido escolhidos para participarem dessa união de uma forma tão especial.”

E depois de poucos dias, o grande dia chegou!
Beto teve então, a grata surpresa de receber o terno escolhido por Alexandre Pires, e ainda teve a surpresa de uma mensagem super carinhosa!

E o traje do noivo ainda recebeu a aprovação e o elogio do apresentador do programa. Luciano Huck também mandou um recado especial aos noivos, no meio da festa, e não deixou de perceber como Beto estava bem vestido, graças à qualidade da SR Estilo!

Além de todo esse trabalho, que merecidamente foi reconhecido, Tatiana participou ativamente e pessoalmente de boa parte da organização, dando muito suporte tanto à produção do programa, quanto à equipe do Opus Cerimonial.
Foi ela, inclusive, que nos mexeu os pauzinhos para que pudéssemos estar presentes no dia, acompanhando toda a montagem e os preparativos. Fomos convidadas pela produção para participarmos de tudo, graças a Tati! ♥
E teve algo que ela disse, que eu preciso assinar embaixo:

“Tão gostoso ver o nosso trabalho ganhando vida! Ainda bem que está tudo filmado e documentado pela TV Globo para que de vez em quando a gente possa assistir e reviver as emoções desse Felizes para Sempre! Que venham os próximos!”

Tati, com os noivos Wal e Beto. Beto veste: SR Estilo

Beto veste: SR Estilo

Karina (Casamento sem Igual), Tatiana Lessa (SR Estilo), Marina (Tô noiva, e agora?)

Nós três com o Léo, querido responsável pela produção do quadro “Felizes Para Sempre”.

Além de ternos, a SR Estilo trabalha também com o aluguel de vestidos para madrinhas, mãe do noivo, mãe da noiva e convidadas. Eu sempre alugo e uso as peças da loja, e amo tudo, desde o atendimento até a variedade de modelos.
Para conhecer mais:

Tatiana Lessa Lisboa
SR Estilo by Só a Rigor
www.srestilo.com.br

Facebook: /srestilobh
Instagram: @srestilobh

 

Assista todos os preparativos do Casamento Wal e Beto em nosso canal do Youtube: CLIQUE AQUI!

O “felizes para sempre” de Wal e Beto – Caldeirão do Huck

Eventos, Histórias reais ♥, Tô noiva, e agora?

Tudo aconteceu no dia 17/08/2017.
Bom, nesse caso estou falando só do casamento. Porque a história de Wal e Beto começou há muito tempo…
Foram 17 anos de história e uma filha linda que resultaram nesse sonho realizado em tempo recorde pelo Caldeirão do Huck!

Beto é radialista e trabalhava em uma rádio de Belo Horizonte. Através da sua voz despertou o sonho da ouvinte Wal, que o imaginava parecido com o seu ídolo, Alexandre Pires.
Wal, por coincidência, também trabalhava em uma rádio, mas na cidade de Curvelo. Por obra do destino, Beto foi contratado pela mesma rádio que a Wal trabalhava, e ali finalmente começou a história de amor. ♥

Já se passaram 17 anos do início namoro, somados ao fruto do relacionamento: a Julia, uma filha linda de 13 anos.
Por todo esse tempo Wal e Beto nunca se casaram, nem sequer moraram juntos.
Mas em seu aniversário deste ano, Beto preparou a surpresa e pediu a mão da Wal, ainda namorada, em casamento. Ela, claro, aceitou. Mas ainda assim, o sonho do casamento parecia muito distante de se realizar.
Foi quando a filha Julia deu a idéia para a mãe escrever uma carta para o programa do Caldeirão do Huck, contando toda a história do casal. E entre milhares de inscritos ela foi a escolhida para ter o casamento dos sonhos, produzido pelo programa.

A Plano Geral, produção responsável pelo quadro “Felizes para sempre” do programa Caldeirão do Huck, contactou e convidou a Opus Cerimonial para realizar e organizar o tão sonhado casamento.
E foi aí que o desafio começou: 1 semana para preparar tudo!
No dia 10/08/2017 o Luciano Huck, junto com o Beto (noivo) e a produção do programa, preparou uma surpresa para a Wal na Praça principal da cidade de Curvelo, onde moram. Eles também contaram com a chefe do Beto e da Wal, como cúmplice de tudo!
Assista aqui a surpresa:

E, logo em seguida, o sonho do casal começou a ganhar forma! ♥

A Ana Paula, do Opus Cerimonial, teve cerca de 40 minutos de conversa com a família para entender a ideia e qual era o sonho da noiva e, assim, poder em tão pouco tempo realizá-lo. Para isso, Ana Paula selecionou a dedo e contou com um time de fornecedores fantásticos que, além da capacidade, qualidade, credibilidade, segurança e confiança, abraçaram o sonho do casal e se dispuseram a executar tudo de uma forma linda e super competente. Nada podia dar errado nessa semana! Para isso, todos contaram também com a super experiência do Cohen Cerimonial e da Constance Zahn.

O Opus Cerimonial optou por alguns pontos que otimizariam a organização, já que o tempo era curtíssimo, sem que perdesse a qualidade.

Ana Paula, responsável pelo Opus, selecionou outros 3 fornecedores que seriam fundamentais nesse andamento:

A SR Estilo, que com o serviço de locação de ternos e com a super estrutura de atendimento, vestiu o noivo e todos os padrinhos, abrangendo todas as numerações. Contou com uma ajudinha extra: quem escolheu o terno do noivo foi ninguém menos que Alexandre Pires! Isso mesmo, o ídolo do casal teve participação especialíssima na escolha!

O Ricardo Melo, que impecavelmente realizou o sonho da noiva com um “vestido surpresa” que ela amou. Ela fez todas as provas de olhos vendados, e só conheceu o seu vestido dos sonhos no grande dia. Ricardo conseguiu captar a essência e o sonho de Wal, para não deixar a desejar, e ainda surpreendeu! Vestiu também a filha Julia, que levou as alianças, e algumas madrinhas, que tinham a cor rosa como a escolhida para o dia.

O Alexandre Nascimento, que de forma eficiente encantou a todos com a decoração clássica em um ambiente de campo, como era o sonho da Wal. Escolheu primorosamente o mobiliário, as flores, o lustre, tudo como no sonho clássico de princesa da noiva. E além disso, ele também cuidou do Buffet do grande dia com todo o capricho!

O Grande Dia finalmente chegou! ♥
ASSISTA AQUI TODA A PREPARAÇÃO!

Fui convidada a acompanhar toda a montagem e preparação do casamento e observei algumas coisas muito bacanas para contar:

  • O casamento é REAL. Não é um programa de TV que passa um casamento. É um casamento que passa em um programa de TV. Entendem a diferença?
  • Não existe o “gravando” ou o “ação”.  Algo deu errado? A câmera não pegou a cena ou o ângulo? Nada de parar e voltar para fazer de novo. Tudo segue como todo e qualquer casamento fora da TV.
  • Toda a produção se dedica 100% para os NOIVOS. Eles estão ali realmente para realizar sonhos!
  • Muita gente imaginava que o Luciano Huck estaria lá no grande dia, mas ele não foi! E o motivo é lindo: é o dia do casal brilhar! Não há espaço pra mais ninguém ser a estrela.
  • Quem escolheu tudo foi a filha Julia junto com seu pai, o noivo Beto. A Wal não viu nem escolheu nada, tudo foi surpresa!
  • A produção preparou várias surpresas especiais para eles durante o casamento, como atrações especiais, o maquiador dos sonhos da noiva, um recado especial do ídolo Alexandre Pires que escolheu pessoalmente o terno do noivo com a SR Estilo (vou contar mais sobre isso no próximo post!), e muitas outras coisas!

E o sábado de 17/08 começou cedo! Todos trabalhando a todo vapor para que o sonho de Wal, Beto e da Julia, se realizasse:

E todo o trabalho, recompensado com o resultado de uma celebração impecável. Que energia! ♥


Wal era uma noiva super clássica, mas tinha o sonho do casamento ao ar livre. Por isso, o local escolhido foi o Recanto da Lagoa, em Contagem, com direito a cerimônia na natureza, sob o pôr do sol de um sábado muito feliz!
E foi assim que aconteceu o “Felizes Para Sempre” da Wal, do Beto e da Júlia!

E quem aí arrisca o que foi a lembrancinha do casamento dos radialistas? Um rádio!
Genial, não é? ♥
Eu amei a idéia e a criatividade. Tinha que ter a ver com a história da Wal e do Beto, e nada melhor do que um radinho de pilha!

Quer saber mais sobre esse casamento, e os detalhes dos fornecedores? Fique ligada nos próximos posts aqui do site! 🙂

Veja mais do conteúdo exclusivo do Casamento Wal e Beto no Blog Casamento sem igual

Leonardo Pedone Fotografia © 2017 http://www.leonardopedone.com/

O noivado de Juliana e Naldo

Histórias reais ♥, Tô noiva, e agora?

Eu amo contar as histórias de amor das minhas amigas. ♥
Recentemente contei sobre o casamento hindu da Layla e do Hércules, um casal de amigos. Hoje, quero contar sobre o romance de novela e noivado de cinema da Juliana e do Naldo.

Juliana é uma amiga de infância. Estudamos na mesma escola desde muito novinhas e, de repente, a Ju chega com a notícia: – Vou me mudar para a Itália!
Não me lembro ao certo quanto tempo levou até ela ir, mas na minha memória foi tudo bem rápido. A Ju foi, com toda a família, para outro país. A turma ficou incompleta, e com a tecnologia escassa daquela época, o contato diminuiu.

Passaram-se muitos anos, 15 anos, pra ser mais exata. Há cerca de 3 anos nós nos reencontramos, graças ao Facebook.
Pouco tempo depois, a Ju veio ao Brasil, nós nos encontramos, e pouco tempo depois de retornar à Itália, ela estava namorando. Era o Naldo.

“Eu e o Naldo nos conhecemos há 4 anos, na Itália. E…digamos que o destino conspirou a nosso favor (risos). Nós nos encontramos pela primeira vez em Udine, onde eu estudava e ele jogava bola. O Naldo tinha acabado de chegar à Itália e, meio perdido, sem conseguir se comunicar para pedir informações, eu passei por ele, vi que era brasileiro e ofereci ajuda. Depois disso nos perdemos de vista. Só depois de 1 ano nos encontramos novamente, por um acaso, em um restaurante. Nos perdemos de vista mais uma vez, e depois de mais 1 ano nos encontramos em Madrid. Foi aí que decidimos que talvez fosse hora de nos conhecermos melhor (risos).
A partir daí começamos a namorar. Com 6 meses já falávamos em casamento. Tínhamos a certeza de que havíamos encontrado um ao outro, para passarmos a vida inteira juntos”

Em pouco tempo eles estavam morando juntos. E, como vocês bem sabem, a rotina de jogador de futebol não tem nada de “rotina”…de Portugal para o Brasil, do Brasil para a Rússia. E no meio de toda essa mudança, aconteceu o pedido de casamento!

“Ele inventou que tinha uma entrevista no estádio e eu fui acompanhá-lo. Chegando lá, vi que tinha alguma coisa diferente acontecendo, masnão imaginei que tinha relação com a gente. Algumas câmeras, que faziam sentido para a entrevista, e uma estrutura no meio do campo, que era… a surpresa! 😍😍 Ele me pediu em casamento bem no meio do estádio. Foi lindoooo!!”

ASSISTA O VÍDEO:

Lindo demais, né?
O casamento deles já aconteceu, e eu vou contar e mostrar tudo no próximo post para vocês. Fiquem ligadas! ♥

Casamento Hindu – Layla Vallias e Pedro Hércules

Histórias reais ♥, Tô noiva, e agora?

Eu sou apaixonada por casamentos, principalmente quando eles tem a identidade dos noivos!
Layla e Hércules são meus amigos desde a adolescência, e foram meus primeiros amigos a casar. Aos 19 anos eles decidiram viver uma vida inteira juntos e, tão novos, tinham a certeza do amor eterno.
Só isso já bastava para ser um casamento recheado de emoções. Mas eles foram além: o pai da Layla foi o celebrante, e o casamento aconteceu na casa dela, com vista para a Lagoa da Pampulha e um pôr do sol invernal de tirar o fôlego!

A cerimônia foi Hindu, baseada na religião deles, com uma temática bem oriental.
E no mês passado, dia 17/07, Layla e Hércules comemoraram 7 anos de casamento. E, para celebrar essa sequência quase numeróloga do número 7, eu quis compartilhar com vocês esse dia tão lindo das nossas vidas: deles, e dos amigos! <3

“Nos casamos super jovens, os dois com apenas 19 anos. Susto, né? Todos da família também se sentiram assim, um mix de medo e desespero pelo futuro com muitas pitadas de felicidade. Pra gente, o grande objetivo do casamento era o depois, o dia a dia, a vida que construiríamos um ao lado do outro. E é por isso, que considero que os preparativos para o grande dia foram levados com bastante leveza e de uma forma até um pouco desencanada… Tudo foi organizado em apenas 6 meses!

O casamento foi numa tarde de julho em 2010, dia friozinho, mas nem tanto, com aquele sol perfeito para ficar ao ar livre. Parece que tudo conspirou para ser um dia perfeito, pelo menos foi assim que eu me senti. O céu amanheceu com o azul mais azul de todos, e o verde das plantas era o verde mais verde. Olhando para trás, só lembro das coisas boas. Por isso, se por um acaso aconteceu alguma coisa errada, um frizz no cabelo, batom no dente, um atraso, ou buquê que não chegou, não me lembro e não vi. E acho que é por isso que foi tão bom, de tão feliz que eu estava e com uma certeza tão grande do amor que escolhi viver.

Cresci numa família não tradicional e com uma filosofia de vida também não tradicional. E é claro, o casamento não dava pra ser tradicional. Não por modinha ou por querer fazer diferente, simplesmente porque não ia refletir o que eu sou e o que meu esposo é. Não ia ter nossa cara, sabe? E assim, escolhemos por fazer tudo que realmente tinha a nossa cara, muito diferente dos demais casamentos, mas que pra gente fez todo sentido”

A entrada do noivo com seus pais.

 

Detalhes do traje do noivo, à espera da noiva.

A dama entrou com incenso, purificando e abençoando a cerimônia.

A tão esperada entrada da noiva, com seus pais ao fundo.

O altar.

  • Local: casa dos pais da noiva, que fica na orla da Lagoa da Pampulha.
  • Buffet/bolo: Célia Souto Mayor com cardápio vegetariano.
  • Cerimônia: realizada pelo pai da noiva, com um ritual inspirado na religião Hindu.
  • Decoração: Wendel Medeiros  com peças encomendadas especialmente para o dia, incrementada com várias peças e móveis da própria casa.
  • Fotografia: Formigas Produtoras.
  • O Vestido: Acervo pessoal da mãe da noiva.
  • A Maquiagem: Bruno Cândido.
  • O BouquetVerde que te quero Verde
  • Os Convidados: como o casamento foi de dia, foi pedido aos convidados que fosem de roupas claras.

E no finalzinho do relato, a Layla escreveu: “PS: Não podia deixar de incluir a foto das amigas mais que queridas Marina e Thais <3 amo vocês!”

 

Nosso abraço, mais que especial! <3